17 de novembro de 2016

Des=dade!



- A desigualdade existe, e nós nos acostumamos com ela, virou algo do tipo “faz parte”, outro dia (adoro começar a falar de coisas assim) no meio do dia a dia passei por um senhor que coletava materiais recicláveis e um estado de cansaço e esgotamento físico e aparentemente mental tão grande, isso era umas duas horas da tarde, passei de carro na correria o avistei e passou. No mesmo dia depois de ter trabalhado, treinado, tomado banho, jantado, me arrumado e na rua novamente a noite, pronta para sair com uma amiga, lá estava ele no semáforo com o mesmo carrinho com a mesma roupa, e com o mesmo cansaço. Passou muitas coisas na minha cabeça naqueles 50 segundos de semáforo, olhei no fundo dos olhos deste senhor e ali eu não conseguia pensar em nada mais e assim cai no conto do “faz parte”.

Não sou rica, não tenho carro do ano, não uso marca, não tenho berço de ouro, mas tive algumas oportunidades na vida que muitas foram construídas pelos meus pais, outras por mim e outras pelo o acaso, consegui fazer uma faculdade, ter uma instrução, uma educação de base, uma família trabalhadora e acesso a informações. tudo é uma questão de oportunidade, e se a democracia e a igualde fosse real talvez aquele senhor estaria em sua casa naquela noite.

“A gente nunca viveu a democracia”.

Essa frase eu ouvi em um vídeo onde Eduardo Marinho dizia muitas verdades sobre um ponto de vista invejável. Aí me fez pensar e ligar um fato ao outro, o vídeo a cena vivenciada e ai a culpa é de quem? Do sistema em geral? Mas quem é que faz esse sistema? Pessoas. E quem leva essas pessoas a onde estão hoje? Nós (ou como diz no vídeo assistido, Os pobres). A grande massa que é a base da sociedade, mas mesmo assim continuamos no estado do “faz parte”.

Afinal "...Quem é que se planta tudo que come? É a mão pobre. Quem é que costura todas as roupas que se veste, marca ou não? Mão pobre. Quem é que bota calçada, coloca os tijolos um em cima do outro, quem permite que as universidades funcionem? É tudo pobre..." - Eduardo Marinho.




Um comentário:

Não esqueça de deixar seu comentário e sua opinião sobre o post ! Além de ler todos também terei o maior prazer de retribuir. Quer tirar alguma dúvida? Você também pode entrar em contato pelo e-mail: grazielle.matos@hotmail.com.

Beijão e fique sempre a vontade !

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo