6 de outubro de 2016

Links e Pensamentos {5} Desejos que foram e que vão.

Queria me empenhar mais no ramo da fotografia, mas é o meu hobby favorito e as vezes é por isso que não vou a frente como algo mais comercial, já tentei, mas não consigo, tenho a sensação que nunca serei boa o suficiente para me tornar algo super profissional nisso, mas as vezes me arrisco com alguns ensaios e trabalhos, mas nada que me sobrecarregue para que o hobby continue em alta ainda. Falando de fotografia, estou com uma foto em exposição lá no Shopping Jaraguá em prol do dia das crianças, é uma exposição do grupo que participo de fotógrafas, fiquei tão feliz por ver aquela fotinha no meio de tantas outras lindas que até doeu o meu coração, e isso me fez lembrar de uma frase  que amo muito do livro: Extraordinário - "Todo mundo deveria ser aplaudido de pé pelo menos uma vez na vida", não teve aplausos, mas foi a mesma sensação. 

Estava tomando banho e um djavu aconteceu, me lembrei de uma cena que já tinha feito antes, uma cena que foi o ponto inicial de um texto qualquer que eu escrevi um dia, e fui ler esse texto de novo, agora após três anos e eu senti tudo aquilo de novo, senti o que eu tinha sentido naquele dia, e vi o quanto o amadurecimento é valioso e palpável, na época lembro que escrevia apenas para esvaziar a mente mesmo, mas esse texto eu quis compartilhar numa rede social só para testar quem é que viria ele e uma amiga viu e me perguntou se estava tudo bem? se o texto era real? e eu disse - Tudo ótimo, é mentira aquilo; Quanta mentira que eu disse a ela. (ô o texto).

Encontrei um velho amigo a toa outro dia, e me deu uma saudade imensa da sua companhia.
As vezes me sinto meio Amelie Polain, penso cada coisa e vejo cada detalhes que quase ninguém se importa, mas continuo aqui seguindo em frente com meus pequenos prazeres.
Tenho uma moeda de um real comemorativa das olimpíadas na minha gaveta e mesmo sabendo que essa coisa de vender essas moedas por muito dinheiro por aí é cilada, não me desfaço dela porque a esperança é a última que morre, vai que da certo, é só um real mesmo.

Como já contei por aqui, participei de um desfile, e fazer isso foi a prova concreta que eu nasci para participar nos bastidores, não na passarela, queria sair organizando tudo, queria estar lá no meio gritando - VAAAAAMOS MEU POVO, e aplaudir no final por de trás das tendas o trabalho finalizado, ia ser bem mais a minha cara, mas enquanto isso eu subi lá andei e fiz a minha parte. 
Só eu que amo receber SMS hoje em dia? (e cartas também viu). Já criei um projeto de enviar cartas para pessoas novas, mas depois de um tempo o projeto morreu, mas como sou uma insensata caçadora de coisas novas, conheci o projeto Cartas para Amélie - um projeto  lindo de envio de cartas e prazeres de felicidade para várias pessoas, e essa semana comecei a participar enviando três cartinhas lindas (e estou aqui morrendo de ansiedade para que a pessoa receba logo).

Há um tempo atrás minha vida era acordar, trabalhar e dormi e então o tempo que conseguia fazer alguma coisa me afundava em meus livros de mulherzinha e series gracinhas, deixando de lado qualquer suspiro de vida social, isso mudou, mas quer saber tô sentindo falta dessa grazi emocore que não tinha animo para sair e fazer coisas e se perdia no seu mundo fantasioso do seu quarto com seus os livros e series como eu dizia (por favor só por duas semanas pelo menos).

Avê só desejos que foram e que vão quem sá.

Links e coisas que me interessei.
Vem suspirar por quatro minutinhos do seu dia com essa curta metragem de animação fofinha, vem !  (agora me aguentaaaaaa com esses emojis lalalalal)


Ainda não assisti, mas quero; Por dois motivos 1. Anne Hathaway e 2. Amo filmes que envolvem o universo da música e/ou romance e/ou coisas fofas e/ou futilidades.


Eu salvei esse make ou esse make que me salvou ? Vou tentar fazer (eu disse tentar ok )


Pare e fica olhando só um pouquinho.Maori Sakai

Queria esse kimono, esse óculos, essa bolsa, esses anéis, esse look, essa vida, esse lugar, essa foto, essa iluminação, essa franja e por fim esse vestidinho básico - Me deixem.  


Tá vendo Grazie  (quase Grazielle) é obrigado em Italiano, tuuudo a ver comigo néh, hehe



Um comentário:

  1. Esse kimono me lembra um garimpo nosso por ai... E meu ensaio ta chegando para movimentar esse lado fotografia <3 Post fofo de viver!

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário e sua opinião sobre o post ! Além de ler todos também terei o maior prazer de retribuir. Quer tirar alguma dúvida? Você também pode entrar em contato pelo e-mail: grazielle.matos@hotmail.com.

Beijão e fique sempre a vontade !

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo