4 de agosto de 2016

Moda Plus Size | Eu na Tribuna e no Universo Mais.

O que é ser Plus Size? Como é ser parte desta categoria?

O "novo mundo" criou esse termo para categorizar uma nova numeração de tamanho para pessoas fora dos padrões de manequins que por muito tempo foram tradicionais do 38 ao 46, mas de acordo com pesquisas e bla bla blas informam que a população de modo geral tem uma parte significativa de pessoas acima do manequim 46, e assim denominaram que do 48 em diante somos plus sizes ( que ao pé da letra significa tamanhos maiores), porém tudo é uma questão de padrões de formas e estilos, hoje esses padrões numéricos não correspondem com os padrões de antigamente, como por exemplo você pega uma calça hoje de tamanho 42 e compara com uma outra calça do mesmo tamanho mas fabricada há 10 anos, você verá que o 42 da calça antiga é bem maior das de hoje, então me dizem QUAL É O PADRÃO? 

Se eu uso uma calça que hoje é de tamanho 50, mas que em algumas outra confecções o mesmo tamanho é etiquetado como 44 ou 46, eu sou Plus Size ou não? Eu sou gorda ou não? Eu sou do padrão ou não? - NÃO dá para categorizar e generaliza pessoas, cada qual tem um corpo diferente do outro, cada um tem suas curvas, suas retas, suas formas e trejeitos, outro dia vi uma arte no pinterest de algo do tipo: Rótulos foram feitos para produtos e não para pessoas ( palmas pra você, você merece o titulo de melhor arte do mundo haha).


Ou seja, somos rotuladas sim, o meu sonho é que um dia eu entre em uma loja e encontre uma peça linda que eu goste, e que essa peça vá de uma numeração do PP ao EXGGGG sem categorias, que todas as peças encontradas no ambiente tenha todos os tamanhos e se não tiver é porque tenha vendido e não porque não exista; Mas como isso ainda é um certo tipo de utopia, nós acabamos nos adaptando ao mundo plus size, mesmo tendo roupas que não são desta categoria mas que sirvam também. 

Nestas últimas semanas eu participei para duas pautas sobre esse assunto nos veículos de comunicação da minha cidade e região, na semana retrasada saiu uma matéria econômica falando sobre esse mercado plus size, sobre lojas especializadas e o crescimento desta categoria na região no jornal Tribuna, onde também houve um debate sobre o quanto é precário a moda desse setor, que as roupas não são modernas, não valorizam o corpo, não possuem muitas opções, principalmente na moda intima e fitness, que quando achamos algo interessante é absurdamente caro, e  lá comentei um pouco sobre minhas experiencias e dificuldades encontradas para se adequar ao meu estilo e gosto, confiram a matéria online AQUI


Com isso eu percebi o tanto de pessoas que compartilham da mesma situação, e que gostaria muito que o comercio começasse a prestar mais atenção nisso tudo, sei que melhorou muito, que hoje temos muitas coisas bacanas , lojas especializadas, lojas com departamentos específicos à esses tamanhos, e muita gente empenhada em cada vez mais melhorar isso. Porém há muito à se fazer, como por exemplo, a moda plus size masculina que anda bem fraca, moda intima mais trabalhada, moda infantil plus size que quase não existe e diversas infinidades e quem sabe um dia chegamos num nível de sem categorias, tudo para todos, livres de qualquer tabu de aparência, de moda e de formas.

E falando de tabus, hoje ás 13h vai ao ar uma participação minha no programa Universo Mais na TV Cultura Paulista, com reprise ás 18h, onde selecionei algumas fotos de blogueiras e famosas que fazem produções lindas que valorizam o corpo feminino sem tabu algum, mostrando que dá para usar roupas de listras, brancas, grandes, coloridas, pretas e afins sem ficar com grilo na cabeça de que isso pode e isso não pode. Como eu sempre digo, se te serviu e se sentiu bem - VISTA-SE E SAIA ! 

Estou super feliz de falar mais sobre esse assunto e de compartilhar isso com vocês, pois não importa se você é plus size ou não, se se corpo não reflete a revista que está na banca, ou se reflete também, enfim não importa, o importante é se sentir bem e feliz.

4 comentários:

  1. Grazi,só li verdades...infelizmente o mundo da moda e confecções ainda não estão aptos a entender que cada um tem um corpo e isso permite que ele se vista como bem entender,independente de tamanhos,gêneros e tendências. Adorei a matéria para o jornal,parabéns e sucesso <3

    ResponderExcluir
  2. Eu assisti e Ameiii suas dicas Grazi não perco nunca o programa universo mais amo a Dany.Eu também estou blogando gostaria muito que agente tivesse contato! https://m.facebook.com/blogcacheadavaidosa/
    Bjuss lindonaa! 😘

    ResponderExcluir
  3. Eu assisti e Ameiii suas dicas Grazi não perco nunca o programa universo mais amo a Dany.Eu também estou blogando gostaria muito que agente tivesse contato! https://m.facebook.com/blogcacheadavaidosa/
    Bjuss lindonaa! 😘

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário e sua opinião sobre o post ! Além de ler todos também terei o maior prazer de retribuir. Quer tirar alguma dúvida? Você também pode entrar em contato pelo e-mail: grazielle.matos@hotmail.com.

Beijão e fique sempre a vontade !

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo