27 de junho de 2014

Me Kiss

Oi, Lind@s seguidores e parceiros do Avontade! Há quem diga que paixões começam pelo olhar. Eu defendo que para além do olhar, uma boa - ou má! - paixão acontece, depois do primeiro beijo: esta é a maior porta de entrada para a Perdição. Espero que apreciem e tenham uma boa leitura.
Beijinhos fofos. Dávs.

Sigam, curtam, compartilhem: Sincretindo.



Kiss

O sonho da maioria das garotas, é beijar o tal do príncipe encantado. Desista, meu bem. No mínimo você consegue um sapo para beijar. Daqueles de gosto bem amargo. Sabe? Pois é. Quando eu tinha uns quinze anos, acreditava fielmente que iria encontrar o herdeiro do dono do 'Reino Encantado'. Para garotas que assistem Disney demais, isto é nitidamente possível. Sim... eu assistia Disney demais.

O bom da experiência, é que você aprende com ela. Vai ver por isto, se chama experiência. Do latim: 'experientia', ato de provar, experimentar, conhecer e arcar com as consequências do desconhecido, sejam elas boas ou ruins. Não vou dizer que é totalmente ruim, o ato de você desejar, almejar, ansiar... vorazmente por algo que está, inicialmente, ao seu alcance. Mas que é ruim saber que o fato de você não poder 'kissAR' alguém que você quer, ah! isso é. Mas você acaba descobrindo, que talvez beijar aquela pessoa não vai te trazer a felicidade plena, tão plena assim. Acredite: dá para beijar uma laranja e ser mais feliz, do que beijar o verme que está dentro dela. Sem dúvida alguma, e eis a voz da experiência, ele vai te fazer muito mal. Vermes não pensam. Nada de raciocínio lógico - apesar da maioria deles afirmarem com convicção de que são bons em muitas coisas- nada de preocupação, nada de 'Pequenos Príncipes', na verdade, eles nem acreditam nessas coisas, e a meu ver, eles estão bem certos. Afinal, são Vermes. Eles só pensam em destruir, e ficar dentro da laranja: como parasitas. Sim!!! Como sabem ter comportamento de parasitas. É... não é para menos: são Vermes.

Mas voltando à ideia do beijo... O beijo é a maior significação de que você, e a outra pessoa, estão inteiramente insanas. Porque é o beijo, a porta de entrada para a perdição. Pena que todos os dias, o ato de kiss, cai sempre no vazio. Sim, eu te kiss muito, mais do que você pudera imaginar, mas não kiss mais. Não quero. E não vou querer. Eu parei de ver Disney, e; ao invés disso, eu vejo pobreza de sentimentos em todos os ambientes onde vou, apesar destes estarem cheios de pessoas que se dizem ricas: ricas de intelecto, de afeto, de amor. Me sinto inteira e assustadoramente sozinha, em meio à esta multidão. E o que é mais incrível, é saber que cada laranja que treino meus beijos, sempre encontro Vermes.

Cheio de pretensões baratas.

Mas, nenhum desses Vermes - e eu tenho certeza - me kiss como você. Porque você, foi um Vermezinho diferente. Estragou a laranja: por fora, por dentro. O sumo dela, como qualquer material biodegradável, estragou... e cheira. Cheira bastante. Um cheiro fétido de chorume, apodrecido, enegrecido no gosto amargo de um beijo, dado por mais um sapo qualquer travestido de príncipe.

Eu te kiss, e eu sei: você kiss me também. E agora... não mais.

Assim.

Coimbra, Portugal - 17 de outubro de 2011, 22:55 hrs.




5 comentários:

  1. Amei o seu texto, ele é bem interessante, faz comparações bem lógicas!! Já estou seguindo seu blog se puder retribui!! Beijoss flor :)

    http://arlenyramalho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito! Bem realista!

    ResponderExcluir
  3. adorei!!
    bjs desejando ótima terça-feira
    tititi da dri

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário e sua opinião sobre o post ! Além de ler todos também terei o maior prazer de retribuir. Quer tirar alguma dúvida? Você também pode entrar em contato pelo e-mail: grazielle.matos@hotmail.com.

Beijão e fique sempre a vontade !

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo