22 de maio de 2012

O tempo do tempo




Hoje me peguei com a seguinte questão: Qual o tempo do tempo?
É redundante, eu sei, mas olhando a foto acima, de repente comece a pensar em quanto a nossa vida depende dele, o tempo, o do quanto falamos disso constantemente.
O que eu sei do tempo? Que só ele é capaz de curar algumas feridas, e transformar em lembrança o que insiste em ser saudade. Que é algo intangível, e que está presente a cada segundo.  Afinal, cada segundo faz parte do tempo. O agora, o ontem e o amanhã também.

Sempre quando acontece alguma coisa triste, ou algum problema, é comum surgir alguém com aquela frase se sempre “é preciso dar tempo ao tempo”, ou ainda, “deixe o tempo cuidar das feridas”. Pois bem, eu sempre quis saber qual o tempo do tempo.
Como saber se esse tempo é um dia, um mês ou uma década? Eu queria ter respostas, não apenas perguntas.
Eu queria entender por que o tempo pode ter medidas tão diferentes, dependendo da situação. Por que um minuto pode parecer uma eternidade, e outro, apenas sessenta segundos.
Mas eu não entendo. Talvez o tempo se explique por si só. Uma daquelas em nossas vidas que não são para serem explicadas, e sim vividas e sentidas.

5 comentários:

  1. haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa que lindooooooooooooo...adorei *-*
    Beijooooos

    ResponderExcluir
  2. Olá, adorei seu post, muito bem feito. Também amei seu blog, bem criativo, ótimas postagens, conteúdo excelente. Continue sempre assim.
    Estou seguindo seu blog.
    Visite o meu http://livrodagarota.blogspot.com.br/
    Temos um post que conta com a ajuda de voces,saiba mais em http://livrodagarota.blogspot.com.br/p/mostre-sua-estante.html
    Te aguardo lá, beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi! Que bom que gostou do texto!
    bjos

    ResponderExcluir
  4. O texto foi bastante reflexivo. Também penso nisso amiga.
    Pode levar muito tempo para algo acontecer, como também pode levar um segundo.
    O tempo, as vezes, nos prega peças. Em momentos de prazer e alegria, ele passa voando, como em momentos de tédio e tristeza ele passar rastejando...
    O tempo é algo indecifravel, amiga... É uma coisa que os homens inventaram, mas que apenas Deus entende.
    Bjo.

    ResponderExcluir

Não esqueça de deixar seu comentário e sua opinião sobre o post ! Além de ler todos também terei o maior prazer de retribuir. Quer tirar alguma dúvida? Você também pode entrar em contato pelo e-mail: grazielle.matos@hotmail.com.

Beijão e fique sempre a vontade !

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo