28 de setembro de 2016

Fanpage: Te Vi no Ônibus - Araraquara


Crush meu de cada dia, quem nunca se apaixonou a primeira vista? E nunca mais achou?

Aí gente como amo pessoas que usam a tecnologia e a internet para deixar avida mais leve e mais legal, por que nunca pensaram nisso antes meu povo? Já pensou em conseguir o contato ou o facebook ou uma informaçãozinha se quer daquele crush de todo dia do busão, daqueles olhos que você evita quando passa na rua ou daquele boy/girl que sempre senta no banco da frente ou que fica todo dia no mesmo horário no terminal e você nunca soube nome, endereço ou bolhufas nenhuma dele/dela, mas admira cada suspiro que ele dá todos os dias?

Em andanças aleatórias pelo facebook, me deparei com essa página - Te Vi No Ônibus de Araraquara, que tem como meta de vida ajudar você aí que suspira pro um crush no ônibus e não sabe como encontrar ele, basta dar um de James Bond e tirar aquelo foto marota e mandar em mensagem privada lá na página, pode ser visto no ônibus, no ponto de ônibus, um dia aleatório pelo centro não sei viu, apaixonou mande lá na página que eles compartilham anonimamente e quem sabe alguém dê uma pista de seu boy/girl secreto. 

Descrição da página: "Cansou de procurar o Facebook daquela pessoa que sempre pega o mesmo ônibus que você? Achou o amor da sua vida sentado do seu lado no ônibus, mas não sabe como ir falar com ele? Seus problemas acabaram!Para participar é simples: tire uma foto de sua paixão no ônibus e mande para nós, da página, por mensagem privada {...}"




Bateu aquela paixão no busão, na fila, na rua e etc, calma, agora tem solução.
Quem nunca se apaixonou por um lampejo em algum ônibus não sabe o que é amor a primeira vista, néh não? rs - Amannnndo essa página. #maisamorporfavor

{Fotografia} Primeiro contato com a lente 50mm 1.8

Pensa em algo que você planeja a comprar a mais de 3 anos e sempre surge algo que faz você não comprar, ou não dá certo, ou você esquece e enfim (todo mundo tem umas enhacas dessas), assim era meu caso com a Lente 50mm, era uma meta fixa - PRECISO COMPRAR, mas nada dava certo, até que deu !! YES BABY eu comprei a tão famosinha apelidada de cinquentinha.

Mas porque ela é tão amada assim pela maioria dos fotógrafos? 

1. A 50mm 1.8 é uma lente fixa e com uma abertura grande que  a torna uma lente clara
2. Custo x Benefício eficaz, pela sua qualidade, é uma lente "barata"em relação á outras existentes
3. Por ter uma grande abertura, isso facilita o tão amado bokeh nas fotos (aquele fundo desfocado)


A minha vida inteira me virei com a lente 18-55mm 3.5 que é a lente que do kit, que acompanha a câmera, gosto muito dela, por é bem versátil, mas em ambientes mais escuros eu sofria muito, pois sua abertura máxima é de 3.5 (e quanto menor o numero da abertura, maior é a captação de luz, leia mais aqui) então resolvi investir na 50tinha.

Ainda estou na fase de adaptação, pois na minha câmera o seu foco é manual (tenho que regular o foco através do anel de controle que ela possui) e eu a vida inteira fotografei com foco automático, então estou apanhando um pouco nisso, as vezes o foco não fica tão nítido, ou fica fora de foco total, mas como disse é uma questão de adaptação, já estou aos poucos pegando as táticas dela, e fazendo fotos bem mais focadas.

A primeira vista, já me encantei pela iluminação dela, não precisamos mexer muito no ISO, com um ISO baixo, conseguimos um efeito de iluminação linda, sem granular a foto, e o desfoque do fundo traz um efeito mais sutil nas fotos, principalmente em fotos de detalhes, e basta apenas você regular a a velocidade e a obturador para conseguir resultados lindos com ela. Outro ponto positivo, é o tamanho dela, ela é uma lente compacta pequenininha, fácil transporte, cabe em qualquer bolsa e deixa a câmera mais leve, além de ficar fofinha de linda com ela e de se ser ótima para viagens.

Minhas primeiras fotos com ela (abusei das orquídeas)


O único ponto negativo, é a distancia focal fixa, ela é 50mm e ponto, ou seja, não tem uma mobilidade de ampliar o ambiente, para siso você tem que ficar se locomovendo para trás e para frente para captar os espaços, as vezes em paisagens, ou lugares pequenos não conseguimos pegar todo o tema a ser fotografado. Mas diante das coisas boas essa não é nada néh?

Para quem estava me perguntando onde comprei, eu comprei a lente pelo mercado livre, achei um preço bom perto dos outros sites que achei, o vendedor foi super responsável, chegou em perfeito estado, e dentro do prazo, para quem tá afim de levar essa belezura também segue o link aqui.

Ahhh as fotos de Holambra, também usei elas, lá eu já estava um pouquinho  mais familiarizada com o foco, tudooo uma questão de treino, hehe, deem uma olhada .

22 de setembro de 2016

PlayList: Descobertas de Agosto

Minhas descobertas de agosto , foi bem loucura, vai de 0 à 100, do Pop ao Folk, do Rap ao MPB, tem um teco de tudo, mas tem coisa legal, garanto, tem musica com força do D2, animada para dias cinza de FOURS , foi um mês que mesclou várias vibes e as musicas refletiram isso também. 

Aqui você vai ouvir FOURS , Maecelo D2, Florence+the Machine e muita mais, vai dá o Play :)

Curtiu? Me segue lá no Spotify que tem muito mais.

19 de setembro de 2016

Um dia na correria em Holambra.

Sabe aquelas excursões anuais tipicas que toda cidade tem? 
É assim as excursões para Holambra durante o período da Expoflora, uma exposição sobre a cultura holandesa, plantas, flores, agropecuária e afins. Sou uma apaixonada por flores, cores e perfumes, e tenho amigas que sentem a mesma paixão, apesar de que não sou muito boa com plantações, mas admiro muito todas as formas da natureza, então pegamos nossa alpargata, a garrafinha de água, o mapinha do parque de exposição e fomos a luta.
Para quem nunca foi acho que imagina a Expoflora como um galpão cheio de flor, pois era assim que eu imaginava, achei que ia chegar lá nadar no meio flores tirar fotos comprar umas e fim. Mas não, o negócio é grande é um parque de exposição não um salão apenas, tem vários ambientse, várias atrações ao longo do dia e muita coisa holandesa, me senti no hopi hari das flores.

Lá dentro encontramos um museu simples e recatado de como era as casas dos holandeses quando chegaram no Brasil, seus costumes, pertences e vestuários, tudo lindo e antigo, você passar por dentro delas tira fotos e se senti uma holandesa da floresta encantada (não sei por que mas sempre associo coisas holandesas há contas de fadas hahaha me deixem). 
Existe uma passarela enorme com mostra de paisagismos de vários artistas de diversas modalidade, tem de casamentos, espaços de academia, urbanos e até artístico, no final dessa caminhada, agente entro numa galeria de arte com flores, cada espaço mostrava um novo cenário, tinha um cenário inspirado em Pablo Picasso, outro no Rio de Janeiro e assim foi indo, coisas lindas lindas, e variações de flores infinitas. (não fiz fotos de lá com a câmera, pois você entra em fila e não tem como ficar parando e focar a camera e tals, mas dava para ver e admirar é o suficiente)

Lá todas as lojinhas de lembrancinhas, comidas, enfeites são com fachadas coloridas, com flores e tudo remete a cultura holandesa, tinha salsichão holandês, batata, doces, wafles de caramelo, roupas e artesanatos, tudo isso em meio ao um espaço com muito verde, arvores e plantas.

Apesar de uma grande multidão, o evento é extremamente organizado, tudo sinalizado, entrada tranquila, funcionários para tirar duvidas, postos de atendimento, até um ponto de encontro tinha, sabe aquela coisa de que tipo se nós perdemos nos encontramos em um ponto de encontro, você não precisava nem se preocupar com isso, porque tina um local destinado para esse encontro haha.
Falando em organização, lá eles oferecem um passeio extra por R$20 golpes democráticos, que te levam por um tour no centro de Holambra e no final tem uma visita em uma fazenda de flores, durante o tour ficamos sabendo de varias curiosidades da cidade, como o porque dos estilos das casa, do comercio local, da importância da produção de flores e afins. Quando chegamos na fazenda ficamos a vontade para andar no pequeno campo, fazer fotos e se maravilhar, após o fim do passeio retornamos para a o parque de exposição tudo muito bem planejado e organizado.

Andamos muito, MUITO JESUS, estava um sol de 38º graus celsos dos raios solares infinitos, comemos pizza no cone gigante, bebamos suco, água de coco e comprei um copo de louça fofinho (depois mostro lá no meu instagram), sabe aquele boato de que é passeio de Velha? É sim, passeio de velhas jovens modernas, rycas, que sabe bem onde passear, um passeio legal para todos, com vários conhecimentos novos,vale a pena cada pétala admirada.

AHHHH apenas um ponto negativo, a chuva de flores É CILADA, ok.
Realmente tem a chuva, mas se você quiser uma pétala só para você prepare-se para virar o Jack Chan e invadir a multidão.



















Leve óculos de sol e protetor solar
Uma mochilinha é uma boa
Coma Wafles (eu não comi e me arrependi)
Se for para comprar flores, vá sabendo que não é tão barato assim, mas algumas compensa
Garantia de flotos lindas (isso mesmo flore+fotos = flotos)
Cuidado o choop Amstel com uma super caneca  é altamente convidativo quanto caro (vai depender do seu nível de consumismo, no caso o meu era altíssimo)
Fiz a excursão pela Neide Turismo (Foi muito bem organizada)
E por fim, tênis ou sapatos confortáveis.

16 de setembro de 2016

A prova que é a vida é frágil.

Ilustrações no movimento

É a morte, ela que prova que a vida é frágil.
Somos fortes, somos valentes, às vezes até brutos, conseguimos levantar pesos, superar perdas, andar em fogo, perder a mãe ou um filho, superar doenças terminais, resistir a problemas emocionais, alguns até escalam montanhas e olha que montanhas têm suas travessuras, ganhamos força, confiança e nos blindamos e gritamos aos quatro ventos que somos fortes.

Já superamos filmes de romances que fazem nossos olhos pularem para fora, já conseguimos passar por barreiras psicológicas indestrutíveis, já levamos facadas que foram curadas, já levamos golpes de democracia, já passamos por guerras mundiais e nacionais, o BOPE já te evitou na rua, um assaltante já deixou você ir embora, já fomos vacinados contra tétano, tuberculose, poliomielite e afins até o Zé gotinha já entrou na dança e mais uma vez nos blindamos e gritamos aos quatro ventos que somos fortes.

Uma vez já recebi uma leve descarga elétrica com os pés na água e já senti desespero quando senti um caroço nos seios, mas os males passaram e aqui estou dizendo que continuo forte.
Mas enquanto isso há quem não diga mais que é forte, há quem não escapou de uma abordagem de assaltante, que foi mira do BOPE, que a vacina estava vencida, que o caroço dos seios era maligno, que a depressão levou a escuridão, que uma piscadela no transito virasse sono eterno, e que um mergulho afundasse mais um frágil mundo.

Ahhh vida, por favor, não entre em briga com a morte, que ela prova que é forte.
Faça apenas que quando nos dê o sopro dessa vida, venha com uma etiqueta de boas vindas: CUIDADO FRÁGIL.



Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo