18 de maio de 2018

Na segunda {...}

Eu sei que na segunda feira eu vou estar bem.
Eu sei que que vou acordar achando o sol lindo, que a casa vai ta arrumada, que voltarei a tomar limão de manhã e ir veemente treinar a noite, eu sei que outros projetos na segunda irão borbulhar na minha mente, eu sei que vai dar certo.

Mas hoje é sexta ainda, e ainda tem sábado e domingo para acontecer, e isso pode ser mais um texto de uma pessoa que sofre de ansiedade, mas que controla os estímulos por data e dia de semana. Já dizia Luciano Hulk, Loucura, loucura loucura.

Mas uma coisa mágica aconteceu hoje, boba? SIM SUPER BOBA.
Tem uma música que eu ouvia muito há uns 10 naos atrás e eu perdi ela, tipo PUFT tinha pagado da memoria a letra, o nome e a banda e a úncia coisa que eu sabia é que começava com -- I never knew
Mas a pronuncia e escrita correta não tinha certeza, achava que era também know ou now ou no, enfim nesse limbo sem fim mesmo com várias buscas no google, não achava a desgramada da música, porém tudo nesta vida tem um motivo néh? OU NÃO!

Hoje no spotify me indicou uma música quando vi o nome da banda, lembrei ! THE FRAY. Sofrem comigo, cantem comigo:


Todo mundo tem aquela música da adolescência que te fazia sentir especial, com coragem de mudar  mundo, com animo para limpar a acasa, com dor no coração, e essa era o que me trazia tudo isso, e também são os sentimentos que na segunda irei ter e a musica já veio hoje para me preparar e fazer reviver. Por fim, essa outra aqui agora é só porque é minha ultima descoberta do dia e combina com o comecinho do texto acima ( alias estava ouvindo ela quando escrevi)



E segunda o que vai acontecer?
Nada que eu saiba, mas é segunda e as coisas sempre começam.

14 de maio de 2018

Links e Pensamentos {14} Cansada mas sempre Indie

Uffa.
Oi tudo bem por aqui?
Muitas coisas tem ocorrido, MUITAS mesmo.
Vamos começar como? COM música dj.

Descoberta do universo, da semana, do mês e da vida, senhores; ... Florence VOLTOU.




 Dei aquele print em um trecho da música (acima) para vocês sentirem o impacto como eu senti, para entrarem na fossa profunda desse drama senhor !! - "Me segure, estou tão cansada agora; Aponte sua flecha para o céu; Me derrube, estou muito cansada agora" ... Sentirão isso?
Tá, ok, eu sei que o fato de que quando ouvi a musica pela primeira vez eu estava cansada e meio ligada no modo revolts rs e ai contribuiu para a identificação com a música, mas FLORENCE é FLORENCE .

Estive (leia-se estou) com bloqueios criativos constantes, tenho abandonado o blog um pouco, na verdade tinha esquecido desse espaço aqui, me lembro quando passava vários finais de semana tramando postagens, pensando em assuntos, pesquisando moda (e eu agradeço muito isso, todo meu pequeno conhecimento e interesse por esse universo veio dessas buscas), mas enfim, blogar era minha ocupação/hobbie favorita, mas o mundo da blogsfera mudou e eu também mudei - QUE BOM, antes tarde do que nunca percebi que sou uma blogueirinha raiz (hihi).

Amo escrever, criar conteúdo, pesquisar informações, produzir imagens, pesquisar truques de HTML, incorporar musicas e gifs, e falar de coisas sem sentido, coisas que blogueirinhas de perfil só de instagram jamais saberão, sorry, aqui é ioio-cream .

OBS: mas não menosprezo blogueiras de insta , como disse o tempo mudou e as formas e plataformas também, oukei (alias sigo váriiiias Brasil)


Ainda falando disso ( JURA?) to atualizando a aba Blogroll aqui, fiz um limpa, tinha vários que não existem mais (#todaschoram)  e outros que não são mais a minha vaibe, aliás me indiquem blogs que tem uma pegadinha mais diário, textos, pessoal, bagunçado e meio vintagelover ?? AMO / ME IDENTIFICO hihi. Exemplo: A Life Less Ordinary - Cacá te amo (quem sabe ela lê isso aqui néh)



BOM VENHO POR MEIO DESTA DIZER QUE ESTOU EM REFORMA (leia-se, estou FUDIDA).
quem já passou por reforma e construção está chorando comigo neste momento, como tenho dito ultimamente minha moeda real de comparação de preço é CIMENTO, oi moço quantos cimento vale esse lanche ai? (senhora dá para comprar 1 ou 2 sacos de cimentos) TCHAU na volta de JESUS eu compro.

Mas nem tudo é pedra, areia e cal néh amores hehe, tudo isso tem um propósito maior, estou reformado uma casa antiguinha que pertence ao meu pai para eu morar e ter o meu espaço ( complexo criativo) Amor Retrô, SIM SENHORES teremos loja física do brechó que envolverá também espaço colaborativo, com muitas intervenções e projetos borbulhando a mil. Pensei em criar um insta separado para ir publicando o progresso de tudo isso, mas como eu disse sou blogueirinha raiz, então vai ficar tudo misturado e junto no insta pessoal e do brechó também.

Outra coisa ainda sobre a reforma do lado que irei morar, terei um TERRAÇO. 
Pronto agora serei uma eterna americana com terraço, fim de tarde e Florence tocando no jardim, beijo me liga, e vou mostrar meu nível de ansiedade para vocês >>>> JÁ TEM PLAY LIST NO SPOTIFY CHAMADA >>>>  NO TERRAÇO <<<<< 

Conversa de boteco e filosofia deveriam ser matérias obrigatórias em qualquer curso, serio!
Nessas conversas noturnas e loucas (as vezes nem em botecos) conhecemos posicionamentos de amigos, pensamentos e até pré conceitos que você nem imaginava que eles teriam, até com amigos de longa data, como pode? E isso é maravilhoso, surge descobertas incríveis e até debates saudáveis super construtivos, que um acaba mudando um pouquinho o outro.

Outro dia alguém me disse que eu era a primeira pessoa que não questionava o ser humano alheio por conversar com ele pelo fato de eu ser GORDA! E isso pesou em mim, fiquei feliz por ter esse posicionamento, por nem ter pensado nessa possibilidade (tipo, nosssssa você ta falando comigo, você me curtiu, nossa você me achou bonita como??? EU SOU GORDA), mas pelo outro lado fiquei triste, por imaginar o quanto de pessoas sentem isso, que se auto julgam, que deixam de ter oportunidades incríveis, de conhecer outras pessoas, de sair, de conversar de enfrentar obstáculos pelo simples fato de achar que não merece tal coisa por ser gordo/a; E ISSO DOÍ.
DÓI porque isso não é algo que nascemos assim , é um pensamento visão imposto pela cultura do corpo perfeito, pela mídia, pela moda, pelo machismo.

AHHHH creeeeeedo, tinha tanta coisa para dizer aqui, mas como eu disse as coisas estão acontecendo, andando e correndo, tenho ficado cansada muitas vezes, tenho sentido abandono em outras e algumas vezes a falta de compreensão em todos os sentido, mas do ou lado do paraíso, também tenho encontrado força, auto estima, amores fraternais, livros e musicas perdidas.

E para completar essas nuances, descobri que tenho Lua em Aquário 
"É difícil saber o quão sensível a críticas esses indivíduos são, simplesmente porque escondem isso muito bem! Quando seu caráter ou comportamento é criticado, geralmente não se abalam e não mudam sua posição e maneira de agir. Esperam que as outras pessoas os aceitem exatamente como são, ou elas não farão parte de suas vidas por muito tempo."

A gente é dificinha meixxxmo. Mas vamos tentar seguir o fluxo.

Links e coisas que me interessei.

Para reforçar o processo de se amar, conheçam os bordados de @coredealmodovar 

Eu me tornei aquilo que eu temia/e/queria, amantes de prantinhas, verde, suculentas, cactos e frozinhas, ahhhhh gente Plants are Friends


Good Vibes, meu lema de vida, ai achei essa tatoo, que com certeza logo virá na minha pele


Uma ilustração que te define? AQUI


E por fim vamos colocar THIS IS AMERICA / Brasil / França / japão / sociedade e mundo
aqui por que todo mundo precisa ver e ouvir, e para completar a leitura visual leiam: AS REFERENCIAS DE THIS IS AMERICA.


Final.

6 de março de 2018

#Hastag: Feira, Antiguidades, Encontro, Suculentas

Um dia tipico araraquarense veranil, um dos fins de dias de verão.
O sol estava escaldante, bem forte e amarelo, de manhã teve feirinha de antiguidades na estação ferroviária e a tarde encontro de suculentas na floricultura Beija Flor, aquele convite lindo (da Natalia) que deveria ter aceitado bem antes hihi.

Câmera na bolsa e sol raiando, logo, fotos aleatórias novas por aqui.

Hastag para vocês: #Feira, #Domingo, #Antiguidades, #Encontro, #Suculentas























A Feira de antiguidade, chama-se Encontro da Estação e vai rolar uma vez por mês, todo primeiro domingo do mês (das 09 às 13h) tem muita coisa para as amantes de quinquilharias de vó, vinis, aparelhos, louças, moveis e etc além de exposição de carros antigos e quitutes.

O encontro de suculentas é organizado por um grupo de amantes dessas prantinhas maiiiir linda, lá tem novidades e suculentas para compra, trocas de prantinhas, sorteios e além de aproveitar o espaço do Giovani - Beija Flor , que vale a pena só para poder ir e dar um role entre as plantas.

Aqueles dias de domingo que valoriza  a gente por dentro e por fora.
Ahhh essas fotenhas aleatórias e histórias de trocas com a fotografia, tenho contado nesse ig @photo.grazi no instagram.

28 de fevereiro de 2018

Desfiz o Match!



Qual o motivo?

Cliquei em sem motivo, assim sua foto desapareceu em câmera lenta dos meus “contatinhos”, uma lista de duas pessoas, você e meu melhor amigo, lá estava ainda a nossa primeira conversa, o primeiro puxa de assunto que logo me puxou de primeira, bem longe de um Oi tudo bem? Ali estava o elo virtual futurista presencial que vivemos e agora lá não estava mais, nem foto, nem conversa e nem likes.

Qual o motivo? - Perguntava o Tinder.
Dentre as opções não possuía nada como – Não é possível e/ou Não acredito.
Não acredito que tenha sido incrível seu riso contido, seu toque no meu queixo, suas indicações de músicas certeiras, sua tempestade no mar. Pensando bem, agora calculista e fria, melhor assim.
Melhor desfazer um nó frouxo do que apertado, mais fácil, antes que aperte e no fim precisa ser cortado.

Desfiz o Match, apaguei dos contatos, limpei as conversas e nossas fotos, mas na agenda de papel anotei o seu cel; É pensando bem, melhor assim {...,}

 


12 de janeiro de 2018

Litoral Norte de SP : Maresia sente a maresia

Quando vi os nomes das prais que passaríamos , já começou o qual é a musica interno em mim, hihi, sou assim; Maresias (Mareias sente a maresiaaaa, maresia Huhuhullll), São Sebastião (no caso é a cidades, mas cantem comigo também, o mundo é bão sebastião) legendas tipicas não faltaram para as fotos.

Feriado do dia 12 de Outubro de 2017.
(Relatos de viagem de uma blogueirinha que só posta quando tá com vontade)
(mais um parenteses, eu sei faz tempo já, mas assim que é bom dá aquela nostalgia quando começo a escrever e postar tudo isso aqui, me deixem heheheh e seguem o baile comigo)
Eu fui para praia apenas duas vezes na vida, uma foi uma bate e volta com a faculdade em Santos (onde nem entrar no  mar entrei) e a segunda vez foi quando fui para Maceió que já faz mais ou  menos 4 anos isso, ou seja, precisava de mais. Foi quase aquele filme 4 amigos e um jeans viajante, no caso fomos em 5 em um uninho fervante!

Na minha lista de 101 coisas em 1001 dias foi dado check no seguinte item:

FOMOS \o/
Alugamos um flat com vista para frente da praia Preta, que fica a 15 minutos de carro da paria Maresias (que é a parai masi visitada da região) a região a cidade que é concentrada essas praias  cham-se São Sebastião, visitamos nos quatro dias Maresias, Juquehy, Barra do Sahy, boiçucanga, Praia da baleia e Ilha bela.

Aperte o play .


Saímos de Araraquara por volta da meia noite e meia e pro sorte não pegamos transito nenhum, era pro volta das seis da manhã já estávamos chegando no flat, o Flat alugamos pelo Airbn , uma localização boa para quem for de carro , pois fica no meio da rodovia, porém a poucos minutos de maresias e de Juquehy, o custo X beneficio bem bacana, já que o flat contava com um avista linda para frente da praia e acesso a praia Preta a 200m, porém a parai Preta é uma praia curtinha, não possui estrutura e nem bares e barracas é ótima para curtir a natureza pura e tem esse nome pois a areia é escura quase preta, ou seja, apesar de ser próximo ao flat acabamos priorizando as demais praias.

Para quem quiser, o Flat que alugamos é esse : Clica aqui.
Recomendo pelo custo beneficio, porém o flat necessita de uma manutenção mais carinhosa, são pequenos detalhes que fazem a diferença, como ventilador quebrado, moveis empoeirados e alguns itens faltando e outros detalhes, mas a estrutura e localização muito boa.



No primeiro dia chegamos bem cedo e para aproveitar o dia partimos para Ilha Bela que ficava a 1 hora de distancia, e reservamos os outros dias para as praias próximas. Ilha Bela é lindo , faz juz a sua fama, o problema é pegar a balsa em temporada de feriados, ficamos quase 2 horas na fila.
Mas o mar, as praias e a cultura local faz você querer morrer feliz por lá mesmo,  na volta curtimos o por do sol na estrada e a noite aquela canseira na cama mesmo.
Segundo dia tínhamos uma festa marcada no Parador Maresias (sunsent de musica eletrônica) o Lugar é incrível para frente da praia, decoração de tendas e malhas brancas com piscina e bares tudo ao por do sol, não fomos na praia em si ( apesar de ser a praia mais movimentada, não é a melhor) Maresia é movimentada devido ao comercio, lá você encontra barraquinhas de artesões, muitas galerias, cafés, baladas, bares e etc, saímos antes da festa para andar no comercio de lá, achamos uma café muito fo num meio de uma galeria, a Monique comprou biquíni , compramos lembrancinhas e entramos na festa as 15h e saímos as 23h (oullllllll)









Terceiro e quarto dia, conhecemos Juquehy (a melhor praia) a maior praia do litoral , uam extensão enorme, areia branquinha, mansões a beira mar, estrutura de acesso ótima além do bairro em si ser cheio de galerias,  restaurantes lindos mercado, farmácia e anoite tem uma feirinha na rua em frente ao shopping Juquehy. Foi a melhor praia da viagem, pegamos um dia de muito sol e a tarde nublado, o mar é com ondas pequenas dá para curti o dia inteiro por lá. 
No outro dia conhecemos Praia da Baleia e Boiçucanga (local cheio de comercio também) em Boiçucanga almoçamos no restaurante mais charmosinho do universo e meio retrôzinho chamado Sebasthiana, comida boa e preço bom!









Dia de vir embora, acordamos com chuva, e resolvemos seguir viagem cedo para não pegar transito, mas no fim pegamos o maior transito desse Brasil ( 12 horas de viagem), mas chegamos com a alma renovada!
  • A balsa para Ilha Bela custa $22,00 ida e $17 a volta
  • Feirinha de Juquehy de rua é uma delicia e vale a pena andar belos restaurantes de lá
  • Shop de Juquehy é super praianos, aberto e cheia de opções diferentes 
  • Biquíni nas galerias é bem barato, masi barato do que aqui em Araraquara
  • Subir a serra de uno não é fácil, mas possível 
  • Viajar entre amigas de carro para praia (todo mundo deveria fazer isso um dia na vida)
  • Banana Clube fica ao lado do Flat , não fomos (mas toca Funk e pop por lá #ficaadica)
  • Em Boiçucanga tem a Praça do Por do sol, não tivemos sorte estava nublado mas dizem que é lindo o pro do sol por lá, porém o mar de lá é muito forte (medo de entrar)
  • Coisinhas e feirinhas de praia só encontramos mesmo em Maresia
  • Entramos num restaurante lindo para comer, mas era muito chique e saímos à francesa
  • Se economizar é possivél gastar quase nada por lá, tos valores de comida bem em conta.
  • O litoral norte é belo 
  • FIM
Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo